maxresdefault (1)

É possível tratar o glaucoma sem usar colírio!

Imagine como seria ter glaucoma e não ser forçado a pingar nem uma gota de colírio.

Olá, sou o Dr. Honassys R. Rocha, Diretor Médico da Clínica do Olho.

Neste texto vou mostrar em que casos é possível ter glaucoma e não ser forçado a pingar mesmo uma única gota de colírio dentro do conhecimento científico moderno.

Temos duas possibilidades.

Número um: para aquelas pessoas que tem um glaucoma de ângulo fechado.

Neste caso, o tratamento a laser pode ser suficiente para controlar a doença. Assim que a drenagem for aberta, o problema pode ser resolvido na maioria dos casos através da Iridotomia e técnicas de Iridoplastia.

Número dois: para aquelas pessoas que têm o tipo mais comum de glaucoma, o glaucoma de ângulo aberto, em sua forma inicial.

Nestes casos, é possível trate-o com malha trabecular, tornando mais fácil para o líquido para escapar da pressão do olho.

E se aumentarmos essa drenagem, a pressão ocular diminui. Em pessoas que precisam de apenas um olho cair para controlar a doença, o laser seletivo Trabeculoplastia, ou SLT, pode eliminar a necessidade de colírios.

Em média, para cada aplicação, o efeito de redução de pressão dura cerca de um ano e meio. E esse tratamento pode ser aplicado novamente. Vou citar dois exemplos de pessoas muito próximas que se beneficiaram com estes tratamentos com lasers de glaucoma. A primeira foi minha sogra, quem usou um colírio para o controle do glaucoma e eu apliquei Laser de Trabeculoplastia Seletiva ou SLT. Após este tratamento, dois anos atrás, ela parou de usar colírio. E o segundo caso, minha mãe…

Quer saber mais ? Clique AQUI e assista ao vídeo na integra no nosso canal no YouTube.

Texto retirado a partir do conteúdo gravado por Dr. Honassys R. Rocha Silva no canal da Clínica do Olho, no YouTube.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp